Duas décadas dedicadas à gestão, inovação e tecnologia jurídica

Fenalaw aposta na pujança de advogados, escritórios e departamentos jurídicos

Nos últimos 20 anos, advogados, escritórios e departamentos jurídicos viveram profundas transformações no campo da gestão, inovação e tecnologia jurídica. O que até então era palavra sagrada, tornou-se rotina ultrapassada. A revolução digital trouxe um novo mundo de tecnologias e desafios. Contemporânea a esse processo, a Fenalaw nasceu sob o signo da revolução e mantém-se conectada a ela. Tal sintonia poderá ser vivenciada na Fenalaw 23, entre os dias 25 e 27 de outubro no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

Idealizada em 2003, nos Estados Unidos, durante visita da administradora legal Anna Luiza Boranga ao congresso da Association of Legal Administrators (ALA), a Fenalaw prosperou no Brasil e passou a ser ponto de encontro obrigatório dos profissionais do mundo jurídico. Nela, os principais players do segmento apresentam seus produtos, soluções, tecnologias e desfrutam da maior plataforma de conteúdo para este mercado.

Em sua primeira edição, várias bancas ainda se valiam de advogados que faziam as vezes de gestores jurídicos. O que até então era apenas gestão de documentos materializada na figura do expositor de arquivo transformou-se, com o passar dos anos e da evolução tecnológica voltada ao mundo jurídico, em sofisticada gestão profissional.

O velho gerenciador de documentos e arquivos evoluiu para um robô, um software com IA (Inteligência Artificial). Passou a abordar novos temas como marketing jurídico e gestão de pessoas, antes tratados com menos importância.  Atentos, nós e nossos patrocinadores e expositores revolucionamos e acompanhamos o mercado, apresentando, em salas e painéis, na vanguarda de vários processos, temas pioneiros acerca da gestão, inovação e tecnologia.

Não demorou para que advogados, escritórios e departamentos jurídicos adotassem ferramentas baseadas em IA, softwares jurídicos, proteção dos dados eletrônicos, aprendizado de máquina (machine learning) e a perspectiva, hoje real, da tecnologia 5G. Recente pesquisa realizada pelo Thomson Reuters Institute com advogados de departamentos jurídicos de empresas da América do Norte mostra que 75% das bancas acreditam na tecnologia e na IA como forma de ajudá-las a ganhar tempo e qualidade.

Conhecimento e networking

Esse universo de mudanças faz parte de nossa razão de ser. Maior e principal evento sobre gestão jurídica da América Latina, durante três dias a Fenalaw 23 contará, em dois andares do Centro de Convenções Frei Caneca, com oito mil profissionais do ecossistema jurídico — serão mais de 500 palestrantes e debatedores que discorrerão sobre gestão, inovação e tecnologia, entre outros temas — uma oportunidade e tanto para grandes, médios e pequenos escritórios ávidos por criar networking.

Em área própria, 140 expositores abordarão, entre outras, questões relacionadas ao direito digital e cibernético, à emergência de questões relativas à privacidade de dados, LGPD, crimes cibernéticos, regulação de redes sociais. Onze salas paralelas (sendo duas delas gratuitas e abertas a visitantes) estarão reservadas a apresentações simultâneas sobre as últimas inovações no mercado — entre elas Legal Design, Visual Law, Legal Ops.

Painéis informarão o público sobre variados cases de departamentos jurídicos e escritórios de advocacia. Em alguns deles, CEOs de renome compartilharão suas experiências com a utilização de ferramentas como o ChatGPT. A Tech Village é dedicada às lawtechs e legaltechs, e na Vila do Conhecimento haverá espaço para lançamento de livros e sessões de autógrafo.

Outras salas tratarão da dinâmica de mudança do mercado jurídico, os desafios quanto à gestão de pessoas e compliance, direito digital e sua evolução traduzida na presença cada vez maior de advogados especialistas. Em três espaços exclusivos, o centro das discussões será o agronegócio, o direito bancário e o direito de energia — sempre com foco em gestão, inovação e tecnologia jurídica.

Colocamos à disposição do mercado salas sobre gestão representadas por grandes bancas do Brasil. Nossa meta, porém, nunca foi apenas trazer tendências, mas discutir a prática do setor. Se há 20 anos havia uma ou duas empresas prestadoras de serviço, atualmente são milhares as que oferecem exposições e palestras sobre todos os tipos de tecnologia relevantes.

Entendemos que evolução e aprimoramento na gestão, inovação e tecnologia são assuntos de interesse geral de advogados, diretores, gerentes, supervisores, coordenadores e analistas de departamento jurídico de grandes, médias e pequenas empresas — um universo no qual a procura por tais temas aumentou sensivelmente. Tanto que triplicamos as dimensões de espaços com discussões sobre princípios de gestão para uma parcela do ecossistema jurídico que se está profissionalizando e, em 2023, poderá participar de todas as salas e usufruir ao máximo das novidades expostas.

Novidades e inovações, aliás, são o tema do livro “Manual de Gestão Estratégica e Inovação para Escritórios de Advocacia”, fruto de parceria entre Fenalaw e Revista dos Tribunais, a ser lançado no evento. À luz da rápida evolução da tecnologia e da crescente demanda por eficiência que tem transformado a maneira como os escritórios de advocacia operam, a obra oferecerá ao público da Fenalaw 23 um verdadeiro manual de gestão e inovação para quem está abrindo sua banca ou deseja evoluir no mercado durante as próximas décadas.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Rolar para cima