Qual o papel da tecnologia no setor jurídico?

As novas tecnologias são capazes de aprimorar o nosso dia a dia. O advento da Inteligência Artificial (IA) abriu portas para facilitar a execução de atividades rotineiras dos profissionais de diversas áreas. No ecossistema jurídico, a tecnologia desempenha função significativa, já que pode auxiliar na automatização de tarefas, identificação de erros, dentre outros.

Escritórios em todo o mundo procuram incorporar inovações em suas atividades, como mostra a pesquisa da Thomson Reuters, encomendada pela revista Exame: 40% dos escritórios entrevistados buscam por soluções de automatização de processos.

A implementação da tecnologia no setor jurídico não é apenas uma questão para melhorar rotinas administrativas, mas é também uma área rentável. Estima-se que o mercado global de tecnologia jurídica alcance US$ 69,7 bilhões em receitas até 2032, segundo o Future Market Insights.

Nesse cenário, abordaremos neste artigo o que podemos aprender com empresas de tecnologia e seus impactos no setor jurídico. Confira!

O que as empresas de tecnologia oferecem?

Listamos abaixo os principais serviços e benefícios que a tecnologia proporciona aos ambientes corporativos.

  • Automatização: um dos principais benefícios em aplicar a tecnologia nas empresas é a automação de tarefas rotineiras. Essa ferramenta, além de ajudar a identificar erros nos processos, ainda contribui para que os profissionais tenham mais tempo para dedicar com atividades que demandam visão estratégica e criatividade.
  • Redução de custos e erros: a automação também reduz custos, com a mitigação de erros operacionais, identificados por processos ineficientes.
  • Soluções em nuvem: o armazenamento em nuvem otimiza os fluxos de trabalho além de ser uma forma segura de guardar documentos.
  • Coleta de dados: a coleta e análise de dados é uma aliada para a sua empresa, que pode tomar decisões mais assertivas com base nas informações extraídas.
  • Inovação: sistemas tecnológicos não param de se reinventar trazendo soluções inovadoras com novas abordagens para melhorar a qualidade dos serviços prestados.
  • Foco na experiência do cliente: este tema é cada vez mais abordado pelas empresas atualmente. Isso porque ao oferecer serviços personalizados que atendam às exigências dos clientes a sua empresa abre inúmeras possibilidades, como fidelização, recomendações, menor número de reclamações, entre outros.

Impactos no setor jurídico

A automação de tarefas já é uma realidade para grandes escritórios de advocacia que sabem da relevância que a tecnologia tem para qualquer negócio.

Empresas de tecnologia oferecem uma gama enorme de serviços que podem ser aplicados no jurídico. Atualmente, há softwares para gestão de contratos, documentos, finanças, fluxos de trabalho etc. Essas ferramentas auxiliam a manter o fluxo de trabalho mais organizado e eficiente.

Tecnologias como a Inteligência Artificial já moldam a prática jurídica, sendo usadas para análises preditivas, revisão de documentos legais e oferecendo insights valiosos.

A advocacia 4.0 está diretamente relacionada ao uso da tecnologia no setor jurídico. Saiba mais neste e-book exclusivo sobre a progressão da Advocacia 4.0 para 5.0.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Rolar para cima