13 - 15 de Outubro de 2020

Evento 100% Digital e Gratuito


IMPRENSA FENALAW 2020

Informatização integral é o grande desafio do Direito no país

  • “Nosso objetivo é utilizar tecnologia em todo o contencioso”, afirma Yve Carpi de Souza, head do Jurídico Comercial, Energia e Contencioso da Raizen
  • Judicialização em tempos de crise e direitos humanos e tecnologia também foram temas abordados neste terceiro e último dia de Fenalaw 4.0 Xperience 

Implantar um sistema de informatização que permita o andamento de um processo judicial de ponta a ponta é um dos grandes desafios do Direito no País. Esta é uma das conclusões do painel “A Importância da Tecnologia para uma boa Gestão de Política de Acordos”, realizado no terceiro e último dia da Fenalaw 4.0 Xperience - Transformando o Setor Jurídico através do Digital, maior plataforma de conteúdo e de negócios do setor da América Latina. Participaram do debate, Alex Barreto, diretor Jurídico e regulatório do banQi, Elzeane Rocha, coordenadora de Contencioso Cível, Regulatório e Ambiental na Rumo, Paulo Sérgio Ferraz de Camargo, sócio Advogado da Ferraz de Camargo Advogados, e Yve Carpi de Souza, head do Jurídico Comercial, Energia e Contencioso da Raizen.

“A informatização dos acordos e dos processos judiciais como um todo estão evoluindo, mas ainda são necessárias as ações presenciais. O desafio a ser superado é como aplicar a tecnologia na execução de processos, do ponto de vista de como os dados serão geridos e analisados”, aponta Paulo Sérgio Ferraz de Camargo, abordando a questão no âmbito global da justiça no país.

Nas empresas, continua avançando. “Nosso objetivo é utilizar tecnologia em todo o contencioso. É, no entanto, um processo contínuo, pois o futuro vai se reinventando a cada momento. Queremos entregar eficiência em custo e boa performance nas atividades com inteligência jurídica e a tecnologia ajuda a reduzir os litígios, sempre com a preocupação de apresentar as regras de forma clara para os consumidores”, afirma Yve Carpi de Souza.

Alex Barreto cita um exemplo: “No  banQi, criamos um projeto onde reservamos período na agenda para ouvir as reclamações dos clientes, entender qual é a dor dele e isso ajuda a melhorar a experiência do aplicativo, verificando se há algum risco com a proteção de dados do cliente, por exemplo”.  

Painel discute judicialização em tempos de crise

Judicialização em Tempos de Crise foi um dos painéis da tarde deste último dia de Fenalaw 4.0 Xperience - Transformando o Setor Jurídico através do Digital. O debate reuniu Ana Nery, sócia da Nery Advogados, Humberto Chiesi Filho, diretor jurídico do Mercado Livre, e Thiago Rodovalho, professor da PUC Campinas para abordar como setor jurídico está buscando soluções para soluções alternativas para resolução de questões judiciais. 

Ana Nery citou o exemplo do setor securitário: “Foi um segmento onde foi possível chegar a soluções sem judicialização, durante a crise provocada pelo novo coronavírus (Covid-19). “Pandemias são casos excludentes de seguro. No entanto, as empresas seguradoras aderiram a um movimento de não promover a exclusão no período. Isso é um exemplo de autorregulação do mercado, que deu fôlego para as empresas no momento difícil. As coberturas e assistências foram mantidas”. 

Painel discute os direitos humanos e a tecnologia

Paula Lippi, professora e especialista em Compliance do IBMEC, e Marina Feferbaum, professora e coordenadora do Centro de Ensino e Pesquisa em Inovação da FGV - Faculdade Getúlio Vargas, debateram, na tarde deste último dia de Fenalaw 4.0 Xperience, o tema Direitos Humanos e Tecnologia. Elas apresentaram o conceito de Human Rights by design, que abrange o processo de inclusão das normas nas fases de concepção, pesquisa, desenho, teste e manufatura de inovações tecnológicas, buscando a conformidade com os direitos humanos na produção e uso da tecnologia. 

“A tecnologia não é neutra”, destaca Marina Feferbaum. “O ambiente online traz uma nova camada de existência que provoca problemas e desafios que antes não existiam. A internet é cada vez mais presente e nossos dados permanecem nas redes. É necessário discutir os danos que a utilização desses dados podem provocar”, destaca. 

Paula Lippi completa: “Também é fundamental discutir como os dados são inseridos e organizados na internet. Quando se busca a palavra CEO no Google aparece geralmente um homem branco engravatado. O algoritmo pode reforçar e até amplificar preconceitos e olhares enviesados"

Encerramento em grande estilo

Um live especial com a banda Orange Six marcou o encerramento da Fenalaw 4.0.  O grupo nasceu no departamento jurídico da Nextel no começo de 2019. Sem juridiquês e com muito rock’n’roll, está na estrada pronta para dar assistência jurídica e musical a eventos corporativos, confraternizações, aniversários, casamentos, contratos, M&A’s e muito mais. Os integrantes da Orange Six são: Hugo Lustre (vocais, contratos e consultivo), Welton Lima (guitarra e contencioso Trabalhista), Rodrigo Francis (guitarra e contencioso cível estratégico), Túlio Barros (bateria, contencioso e consultivo) e Felipe Nunes (baixo e contratos). O Instagram da banda é @Orange.Six e o Facebook é @OrangeSix.

Para participar -- As inscrições online e gratuitas para a  Fenalaw 4.0 Xperience estão abertas no site: fenalaw.com.br   

Fenalaw 4.0 Xperience - Transformando o Setor Jurídico através do Digital 

Data: 13 a 15 de outubro. 

Horário: 9:30 às 17 horas. 

Local: fenalawxperience.com.br   

Sobre a Fenalaw

A Fenalaw é a maior plataforma de conteúdo e de negócios jurídicos da América Latina, consagrada como o principal encontro de departamentos jurídicos e escritórios de advocacia do País. O evento que é organizado pelo Informa Markets, em sua edição de 2019 atingiu recorde de público, reuniu 6.361 participantes, congressistas e visitantes qualificados, 300 palestrantes e 81 marcas expositoras e contou com 160 horas de conteúdo em 9 auditórios simultâneas.  

Sobre a Informa Markets 

A Informa Markets cria plataformas para indústrias e mercados especializados para fazer negócios, inovar e crescer. Nosso portfólio global é composto por mais de 550 eventos e marcas internacionais, sendo mais de 30 no Brasil, em mercados como Saúde e Nutrição, Infraestrutura, Construção, Alimentos e Bebidas, Agronegócio, Tecnologia e Telecom, Metal Mecânico, entre outros. Oferecemos aos clientes e parceiros em todo o mundo oportunidades de networking, de viver experiências e de fazer negócios por meio de feiras e eventos presenciais, conteúdo digital especializado e soluções de inteligência de mercado, construindo uma jornada de relacionamento e negócios entre empresas e mercados 365 dias por ano. presas e mercados 365 dias por ano.  


Atendimento à Imprensa - Coletivo da Comunicação: 

Valeria Bursztein - [email protected] 

 11 99104 2031  

Alessandro Padin - [email protected]

13 99111 0663